Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade.
Aceitar e Fechar
 
 

Cântico das Criaturas: os ensinamentos de São Francisco sobre os cuidados com a criação

Você cuida da criação divina? São Francisco nos deixou ensinamentos valiosos sobre este cuidado. Confira no conteúdo que preparamos para você!

Igreja

26.09.2023 15:06:16 | 5 minutos de leitura

Cântico das Criaturas: os ensinamentos de São Francisco sobre os cuidados com a criação

Você costuma cuidar das suas coisas? Observa e é grata pela vida que acontece todos os dias? Das mais simples, às grandiosas coisas, tudo acontece porque Deus permite. O amanhecer, a água, os animais, a Terra: tudo está nas mãos e controle dEle. 

Às vezes, a correria do dia a dia e a rotina exaustiva nos fazem perder a sensibilidade do olhar. Tudo fica monótono, repetitivo e não observamos com clareza o mundo que continua acontecendo ao nosso redor. O quão belo e significativo é ter um amanhecer, uma natureza e tudo o que ela produz! 

São Francisco de Assis, por meio do Cântico das Criaturas, nos chama a contemplar a criação a partir de sua oração-poema. Por meio da pobreza e da simplicidade, como observamos aqui, São Francisco viveu em comunhão com a Igreja, com Jesus Cristo e com toda a criação, não à toa, hoje é conhecido como padroeiro da ecologia e dos animais. 

Quer saber algumas curiosidades sobre ele? Clique aqui. 

Ele lança o olhar sobre tudo que é Divino e faz parte do nosso cotidiano: o sol, a lua, as estrelas, o vento, a água e o fogo.


“Louvado sejas, meu Senhor, com todas as tuas criaturas, especialmente o meu senhor irmão Sol, o qual faz o dia e por ele nos alumia. 
E ele é belo e radiante, com grande esplendor: de ti, Altíssimo, nos dá ele a imagem. 
Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã lua e as estrelas: no céu as acendeste, claras, e preciosas e belas. 
Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão vento e pelo ar, e nuvens, e sereno, e todo o tempo por quem dás às tuas criaturas o sustento. 
Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã água, que é tão útil, e humilde, e preciosa e casta. 
Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão fogo, pelo qual alumias a noite, e ele é belo e jucundo e robusto e forte. 
Louvado sejas, meu Senhor, pela nossa irmã, a mãe terra, que nos sustenta e governa, e produz variados frutos, com flores coloridas e verduras” - São Francisco de Assis

Inspirador e contemplativo, São Francisco nos tira da monotonia e nos leva a refletir sobre tudo o que Deus criou para nós, Teus filhos. No primeiro livro da Bíblia, o Gênesis, aprendemos sobre a Criação do mundo. Vemos que tudo foi feito com amor, Deus pensou em tudo para que nada nos faltasse. Ele é um pai atencioso, por isso, é importante que, enquanto filhos, cuidemos da criação deixada por Ele. 


Na carta encíclica “Laudato Si”, o Papa Francisco aborda sobre este cuidado com o nosso planeta, entendendo que ele é a nossa casa comum. Referenciando ao Cântico das Criaturas, o Papa diz que fomos ensinados a tratar a Terra como se fôssemos proprietários de tudo que há aqui. Mas, se assim for, por que tantas vezes não cuidamos do que é nosso? Nosso mundo enfrenta a violência sofrida por seus moradores: crises climáticas, crises ecológicas, poluição e a questão da água. 

O Santo Padre afirma que a destruição do ambiente humano é grave, pois Deus confiou o mundo a cada um de nós e não estamos fazendo jus a este ato. Também a própria vida humana é um dom que deve ser protegido, e quando destruímos nosso planeta, consequentemente, ferimos a nossa própria existência. 

O Santo Padre faz uma reflexão sobre São Francisco de Assis. Relembra com carinho a dedicação e preocupação particular do Santo pela criação de Deus. Nos faz enxergar os ensinamentos deixados pelo padroeiro da ecologia. Para zelar pela nossa casa é preciso buscar outro estilo de vida, menos consumista e egoísta e mais atento às reais necessidades. Novos hábitos devem ser criados - é o que o Santo Padre chama de Cidadania Ecológica -, nos policiando a uma aliança entre humanidade e ambiente. 

Todos os esforços feitos em conjunto para a mudança do ambiente em que vivemos são válidos e fazem a diferença no presente e principalmente, no futuro. “Deus, que nos chama a uma generosa entrega e a oferecer-Lhe tudo, também nos dá as forças e a luz de que necessitamos para prosseguir. No coração deste mundo, permanece presente o Senhor da vida que tanto nos ama. Não nos abandona, não nos deixa sozinhos, porque Se uniu definitivamente à nossa terra e o seu amor sempre nos leva a encontrar novos caminhos. Que Ele seja louvado” (Papa Francisco). 


Assim como prezamos pela nossa saúde, pela nossa vida, pela nossa vocação e nossa família, também precisamos prezar pela nossa casa comum: a Terra. Faça um exercício ao longo desta semana. Ao acordar, preste atenção nos sons que você escuta. A cidade movimentada, os pássaros a cantar, o som de alguma construção por perto. Observe a água que permite que você tome banho, esquente o café ou o chá, faça suas refeições. Toda a criação veio do Criador. Tudo foi inspirado por Ele. O quão lindo e grandioso isso é!

Para além de contemplar e agradecer, cuidemos e preservemos a terra em que vivemos. Como São Francisco nos pede: zelar pela Terra é demonstrar respeito por toda a criatura de Deus e pelo ambiente em que vivemos. Nossa casa precisa de atenção e é dever da humanidade colaborar para a reconstrução do lar comum a todos nós. 

Oremos pela nossa terra e pela Criação de Deus Todo-Poderoso. 


“Louvai e bendizei a meu Senhor, e dai-lhe graças e servi-o com grande humildade” - São Francisco de Assis

Paz e bem!

Se deseja conversar sobre o cuidado com a criação divina ou sobre outro assunto que possamos te ajudar, você pode entrar em contato com a Congregação através dos telefones: (11) 3501-0106 ou (11) 95114-0229, ou pelo e-mail: providenciadedeus2@gmail.com. Estamos sempre à disposição para lhe atender! 

Acompanhe-nos também pelas nossas redes sociais!

Instagram 
Facebook 

Mais em Igreja
 
X FECHAR
Cadastre-se para
conhecer o
nosso carisma

WhatsApp

Fale conosco